Atendimento (11) 4339-1811 (11) 99357-4900 (Whatsapp) Seg a Sex das 09h as 19h / Sáb até 17h
Captador para Guitarra Sergio Rosar Mojo Humbucker Bridge
  • Captador para Guitarra Sergio Rosar Mojo Humbucker Bridge

Captador para Guitarra Sergio Rosar Mojo Humbucker Bridge

Sku: 459

Categoria: CaptadoresCaptador HumbuckerCaptador para Guitarra

Marca: Sergio Rosar Pickups

Quantidade Disponivel: 0 Un

Promoção
Produto Indisponível

Cor

  • x
  • x
Frete e Prazo

Simule o frete e o prazo de entrega estimados para sua região:

Descrição do Produto

Captador para Guitarra Sergio Rosar Mojo Humbucker Bridge

 

Todos os modelos de captadores Humbucker  Sérgio Rosar foram desenvolvidos como um conjunto calibrado com posições distintas entre Neck (Braço) e Bridge (Ponte), e  uma variação entre 15% a 25% a mais de ganho no captador da ponte em relação ao captador do braço, dependendo do modelo escolhido. Essa variação de ganho é proposital, feita para compensar a diferença da vibração das cordas nas respectivas posições.

Informações do Produto

MOJO
Legendary tone!

 

Captador com o mais baixo ganho de todos os modelos, criado para reproduzir o som PAF da Gibson® dos anos 50, com menor quantidade de espiras, reproduzindo um som Clean (Limpo) com bastante presença, cristalino, excelente para a música pop, um blues bem limpo, e sons limpos em geral.


Este conjunto de Humbuckers é a nossa versão dos famosos e desejados P.A.F. A sonoridade do Mojo (Neck) é praticamente idêntica ao famoso “Pretender 58” do lendário pickup maker Jim Rolph.
A sonoridade de um PAF é lendária e extremamente difícil (se não impossível) de ser reproduzida com os materiais modernos, muito perfeitos e estáveis. Adjetivos como som “tridimensional” e “mágico”, dados aos PAFs, não são à tôa. Jim Rolph conseguiu e acreditamos que nós também!

 

 

O Mojo tem ataque extremamente claro e dinâmico, com bastante “snap”/estalo, chegando a lembrar um single Fender de strato. O corpo das notas entretanto, é puro humbucker, mais denso e rico em harmônicos. De brinde, ainda apresenta um decay/decaimento e sustain puros como uma voz humana (ou violino, para alguns). Esses tres elementos, soberbamente combinados e equilibrados, explicam a complexidade de um timbre “PAF”.


Os Mojo são construídos com magnetos de Alnico II, e fazemos uma semi-parafinação das bobinas no modelo de braço, uma condição essencial para replicar o som de um legítimo P.A.F. O Mojo de ponte é totalmente parafinado e tem um padrão de ganho e extensão de médios um pouco mais modernos, evitando assim a “Síndrome do Humbucker de Ponte Magro”, comum até nos PAFs. Isso o torna mais estável e equilibrado quando usado em situações de saturação/distorção.


Uma dupla perfeita para quem deseja um som absolutamente vintage, mas às vezes precisa de uma sonoridade mais “moderna” na ponte!

 

• Modelo: Mojo
 
• Posição: Bridge
 
• Resistência DC “ohms” Bobinas em Série: 9,26K
 
• Indutância “Henry” Bobinas em Série: 4,78H
 
• Saida milivolts: 384
 
• Fiação Nº de condutores: 4
 
• Magneto: Alnico II
 
 
Avaliação dos Clientes
  • Nenhum comentário foi postado para esse produto, seja o primeiro!

CHAMA NO FACE
×